Floripa Conecta impacta mais de 100 mil pessoas na Capital em agosto

0
10

A vocação da Capital para a economia criativa transforma a cidade, a partir desta sexta (09) até 18 de agosto, em um polo do setor durante o Floripa Conecta, um hub de eventos (palestras, oficinas, workshops, seminários) que engloba tecnologia, turismo, gastronomia, mobilidade e urbanismo, Direito, marketing, cinema, dança e artes, entre outros. Além de projetar Florianópolis para o mundo, o movimento atrairá milhares de turistas justamente no período de maior retração de visitantes do ano. “Serão mais de 60 atividades conectadas, com a previsão de impactar 100 mil participantes e gerar em torno de R$ 100 milhões à cadeia produtiva do turismo. Ganharão os bares, restaurantes, hotéis, pousadas, casas noturnas, transportes e outros”, explica Marcelo Bohrer, coordenador-geral da iniciativa.

Em tecnologia, os principais eventos serão o Innovation Summit e o Startup Summit, envolvendo empreendedorismo e negócios – e o Stun Games Festival, voltado à comunidade ‘gamer’. “A cidade já é reconhecida pela sua vida noturna, diversidade, esportes ao ar livre e uma cultura singular. Nosso movimento vem reforçar estes aspectos”, diz Bohrer. Mas a marca do Floripa Conecta é a diversidade: a programação prevê a Expo Tatoo, uma das maiores da América Latina, a Maratona Cultural e palestra sobre Tantra, Sexo e Espiritualidade.

Nas outras áreas contempladas, os bons exemplos são a Orquestra de Baterias, que prevê mais de 700 bateristas tocando simultaneamente na passarela Nego Quirido; a Semana Balaclava (oficinas de design, produção de vídeo e de conteúdo, música etc.). “Será possível circular entre as várias atividades e em diferentes pontos da Ilha, bastando se programar”, aconselha Bohrer. “Esta combinação de forças pode levar a Capital muito além economicamente”’, afirma Rodrigo Rossoni, presidente da ACIF, uma das entidades realizadoras do Floripa Conecta.

DEIXE UMA RESPOSTA