Nota de Pesar

0
32

Conheci Marcus Antônio Luiz da Silva, o Marcão, em minha primeira passagem pela UFSC – eu cursava História e ele Direito, quando peleávamos no movimento estudantil, no início dos anos 1980. Marcão era magro, mas já merecia o apelido, em razão do perfil acolhedor e fraterno, incansavelmente disposto ao diálogo, sem os sectarismos típicos da juventude universitária de esquerda. O sorriso o acompanhava mesmo nas mais acaloradas discussões.

Por muitos anos ficamos sem contato e o revi, intensamente, na última campanha eleitoral da OAB/SC, quando foi candidato à presidência em chapa de oposição à atual diretoria. Infelizmente, a mesma doença que o vitimou, nesta quarta-feira (26),  o impediu de levar adiante o projeto de liderar a mudança na Ordem e foi sucedido pelo Dr. Hélio Brasil.

Sua trajetória foi a de um cidadão exemplar, digno na vida privada, no trabalho e na dedicação associativista – e é essa sua herança definitiva.

Em nome da PalavraCom, nossa solidariedade à esposa Lena e o filho Antonio , extensivos aos milhares de amigos e admiradores.

 

Carlos Stegemann/ Diretor

PalavraCom

 

DEIXE UMA RESPOSTA