Prêmio ACIF Mulheres que Fazem a Diferença celebra protagonismo feminino

0
53

Todas as mulheres têm uma história para contar. Pensando nisso que trajetórias inspiradoras de vida, de trabalho e dedicação às pessoas protagonizada por elas foram as grandes homenageadas na entrega do prêmio ‘Mulheres que Fazem a Diferença’. Promovido pela Associação Comercial Industrial de Florianópolis (ACIF) a celebração que lotou o Teatro Pedro Ivo na noite de ontem (28) premiou os destaques do protagonismo feminino na região da capital catarinenense nas áreas de negócios, terceiro setor, educação, esportes, cultura e influência digital.

Sob o conceito ‘conte sua história’, a sexta edição da premiação comandada  pelo Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da ACIF buscou encorajar mulheres a compartilharem suas vivências. “Estamos à frente de metade dos negócios do país e o objetivo é justamente dar este destaque e assim incentivar a importância feminina na sociedade”, aponta Rachel Sardinha, gestora do prêmio.

O prêmio atingiu número recorde de inscrições e área de negócios foi a que contou com maior participação. A celebração foi prestigiada pelas 47 mulheres que integram o Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da ACIF, maior representatividade feminina em uma entidade em SC. “Acreditamos que toda mulher tem uma história pra contar que cativa, e conectar estas narrativas é criar um laço entre estas empreendedoras da Grande Florianópolis”, destaca Lorena Nolasco, coordenadora-geral do Núcleo.

Dividido em seis categorias o Prêmio ACIF Mulheres que Fazem a Diferença teve como vencedoras Joana de Jesus (Negócios), Darcy Vitória de Brito (Terceiro Setor), Ana Paula Calaes (Educação), Fernanda Gonçalves Martins (Cultura), Andrea Antonia Teixeira (Esportes) e Mariana Torquato (Influência Digital). A celebração teve transmissão ao vivo via facebok da entidade.

Além de Vanessa Tobias, madrinha desta edição do prêmio, estiveram presentes Luc Pinheiro, diretor técnico do Sebrae/SC;  Sander DeMira, presidente do Conselho Superior da ACIF e Rodrigo Rossoni, atual presidente da entidade. Para mais informações basta acessar o site www.mulheresquefazemadiferenca.com.br.

 

Vencedoras:

NEGÓCIOS
Joana de Jesus

Natural de Imbituba e filha de uma família humilde, Joana enfrentou inúmeras dificuldades para sobreviver até sair de sua terra natal para buscar uma vida melhor em Florianópolis. Foi empregada doméstica, babá, eletricista, montadora, até ter a oportunidade de ser estagiária na Automatisa Laser Solutions. Com muito trabalho e estudos, tornou-se sócia e hoje é CEO da empresa, ajudando a torná-la uma companhia forte e promissora no segmento de alta tecnologia no mundo.

TERCEIRO SETOR
Darcy Vitória de Brito

Carinhosamente chamada de Dona Darcy, a ativista tem uma história de luta, digna de muito respeito e admiração. Hoje com 79 anos é reconhecida como o ícone da comunidade  Monte Serrat por tudo que fez e ainda faz pelo local onde mora. Foi uma das fundadoras do Centro Cultural Escrava Anastácia e tem, entre diversos projetos de apoio à comunidade, uma casa de acolhimento que leva seu nome.

EDUCAÇÃO
Ana Paula Romano Calaes

Fundadora e proprietária da Escola Técnica Geração, a principal no seu segmento em Santa Catarina, com unidades em Florianópolis e Itajaí. Formada em Pedagogia, faz do ensino técnico uma ferramenta para a transformação social, impactando 14 mil pessoas. Hoje, comemora a empregabilidade de 70% dos alunos, oferece formação para quem ingressou no primeiro emprego como Jovem Aprendiz e ainda financia, com bolsas de estudo, quem não teria acesso à Educação e ao mercado de trabalho.

CULTURA
Fernanda Gonçalves Martins

Com 44 anos e natural de Florianópolis, Fernanda faz um trabalho de resgatar a cultura da renda de bilro, artesanato tradicional da Ilha de Santa Catarina. Filha de pai pescador e mãe rendeira, ela faz hoje um trabalho na comunidade do Rio Vermelho valorizando a cultura secular do uso da renda de bilro e realizando encontros ensinando os pontos básicos desta história.

ESPORTES

Andrea Antonia Teixeira

Atleta desde os 12 anos, acostumada a conquistas por seu desempenho nas pistas, Andrea Antonia Teixeira fez do talento uma profissão. Criadora da primeira assessoria esportiva de Florianópolis, a Tribo do Esporte, Andrea vem disseminando os benefícios da vida ativa ao mesmo tempo em que contribui com a profissionalização de todo o mercado. É fundadora da Associação de Treinadores de Corrida e organiza as provas temáticas Corrida da Lua Cheia e Circuito dos Vinhedos.

INFLUENCIADORA DIGITAL

Mariana Torquato

Criadora do canal “Vai Uma Mãozinha Aí?” no YouTube, espaço que tem como foco abordar de forma leve deficiências e minorias. Em seus vídeos Mariana traz a tona questões importantes relacionadas às pessoas com deficiência e mostra como é possível dirigir, pintar as unhas, fazer a sobrancelha e tocar violão sem uma das mãos. Além disso aborda os direitos das PcDs, padrões de beleza, relacionamentos  e sexualidade.

DEIXE UMA RESPOSTA