Verão em SC: comércio e serviços estão otimistas com a temporada

0
15

A poucos dias do início da temporada de verão e a chegada de milhares de turistas, empresários de Santa Catarina nos setores de comércio e serviços – responsáveis pelos maiores números na geração de empregos – estão otimistas. A demonstração disso está na previsão de contratação de vagas temporárias e na ocupação de hotéis, bares e restaurantes, sobretudo no litoral catarinense.

No comércio, o levantamento promovido pela Federação das CDLs de Santa Catarina (FCDL/SC), mostra que 38,9% dos empresários preveem abrir vagas nesta temporada. No ano passado, 28,9% dos entrevistados apontavam que havia essa possibilidade entre os meses de dezembro e fevereiro.

Esta decisão está alinhada com a perspectiva de bons números para o Natal, ocasião em que há maior movimento no setor. Para 71,03% dos consultados a expectativa é que as vendas para a data sejam maiores do que no ano anterior. Para 48,28% o crescimento deve ser de até 5%, enquanto 28,28% são ainda mais otimistas e acreditam em 10%.

Esta movimentação é influenciada pela previsão de ocupação dos leitos de hotelaria. No último Réveillon, hotéis e pousadas da Grande Florianópolis tiveram taxa de ocupação média no período de 94,59% (ante 89,03% no ano anterior). A pesquisa foi realizada pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS) em 64 hotéis da região. De acordo com Estanislau Bresolin, presidente da entidade e também da Federação catarinense do segmento (Fhoresc), a expectativa é de manter este bom percentual, mesmo diante da crise argentina. “O otimismo gerado pela recuperação econômica com o novo governo favorecerá o turismo interno, equilibrando o déficit dos vizinhos”, afirma.

Por consequência, bares e restaurantes também estimam ter bom movimento de clientes e, para atender a esta demanda, preveem a contratação de vagas para colaboradores temporários. “Tradicionalmente o setor inicia as contratações em novembro e finalizam em dezembro. Tudo para dar tempo de oferecer bom treinamento às equipes, a fim de prestar o melhor serviço”, afirma Raphael Dabdab, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Santa Catarina (Abrasel).

DEIXE UMA RESPOSTA