Varejo de SC lamenta veto a projeto sobre feiras itinerantes

0
20

 

A Federação das Câmaras Dirigentes Lojistas de SC (FCDL/SC) lamenta o veto do governador Raimundo Colombo ao projeto de lei 210/2015 – que regulamentava as feiras itinerantes em Santa Catarina. O veto deve ser apreciado pelos deputados estaduais nas próximas semanas. A justificativa do Governo estadual é de que se trata de matéria de competência da União e dos municípios.

De acordo com Ivan Tauffer, presidente da entidade, a principal preocupação é com a sonegação de impostos e a manutenção de empregos. “Diversas dessas feiras não recolhem tributos, vendem produtos sem procedência e não geram empregos nas cidades, porque duram poucos dias e se evadem, como nômades”, analisa o empresário.

Ainda conforme Tauffer, a expectativa é que se busque com urgência uma solução “para que cesse a concorrência desleal, que tem se agravado nos últimos anos e causado prejuízos não apenas ao varejo, mas a toda a sociedade, pois é uma prática danosa à economia das cidades”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA