Evento debateu relação de Florianópolis com o mar no último domingo

0
62

Com amplo debate sobre mobilidade urbana, o Projeto Travessia foi instalado no último domingo (29) às margens da cabeceira insular da ponte Hercílio Luz. Organizado pelo grupo de trabalho de Cidades e Sustentabilidade da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura (AsBEA/SC), com patrocínio do CAU/SC, as ações da iniciativa ocorreram entre 9h e 19h. Lá o público encontrou uma estrutura montada de materiais reaproveitados no deck do restaurante Pier 54 e pode conferir mostra de trabalhos de arquitetos e estudantes, bate-papos e diversas outras atividades ligadas ao tema na Pioneira da Costa, na cabeceira continental da ponte.

Aberto ao público e gratuito, o evento marcou a terceira etapa do Projeto Travessia promovendo ações que fortalecem e exploram formas de resgatar a relação da cidade de Florianópolis com o mar. Além da interação com a estrutura do projeto, foi promovida uma série de travessias marítimas entre as áreas insular e continental da baía-norte, painéis sobre arquitetura e cidade, tour guiado, apresentações musicais e food park. Ao longo do dia a Comcap fez atividades sobre conscientização ambiental e gerenciamento de resíduos sólidos para todas as idades.

“Foi um convite à população para sugerir ideias e compartilhar opiniões a respeito de como promover melhorias na relação da cidade com o mar e mobilidade urbana”, afirmou Tatiana Filomeno, presidente da AsBEA/SC.  Apoiaram o evento o Movimento Traços Urbanos, Grupo VIA, Centro Sapiens, IPUF, Prefeitura de Florianópolis, Pier 54, Portobello Shop, SecBoats, Santa Rita, Iate Clube Veleiros da Ilha, IAB SC, Ponto do Pão, Mercado São Jorge, Allume, JP Arquitetura, FATe, Bambu Guaru, ACMR, Andaime Soluções em Acesso e Floripa em Movimento.

DEIXE UMA RESPOSTA