‘O Pequeno Segredo’ tem chances de concorrer ao Oscar

0
21

 

O filme Pequeno Segredo, dirigido pelo catarinense David Schurmann, é forte concorrente para representar o Brasil na categoria de filme estrangeiro no Oscar de 2017 – o que pode ser um orgulho para o sul do país. Oitenta por cento da obra foi realizada em Florianópolis (produção da Schurmann e Ocean Filmes), com um elenco de estrelas como Julia Lemmertz, Marcelo Antony, Maria Flor e a estreia de Mariana Valadares, que representou a pequena Kat Schurmann. Do exterior vieram: Fionnula Flanagan (do filme Os Outros e das premiadas séries Law & Order e Lost) e o ator Errol Shand, da Nova Zelândia.

Pela linguagem, estética, elenco e o roteiro assinado por Marcos Bernstein (de sucessos como Central do Brasil, Faroeste Caboclo e Chico Xavier) e também por ser uma história universal, embalada pelo amor incondicional de uma mãe por sua filha adotiva portadora do vírus da AIDS, o Pequeno Segredo ganhou notoriedade junto a diversos players da indústria audiovisual.

O filme foi apresentado em sessões privadas em festivais como o de Berlim e de Cannes e também aos agentes de vendas e produtores dos Estados Unidos, Inglaterra, França, Itália e Alemanha, além de investidores e profissionais do cinema brasileiro. Foi unânime a opinião de que o filme reúne todos os elementos “e tem a cara do Oscar” com grande possibilidade de ter êxito na premiação da categoria de Filme Estrangeiro no Oscar.

DEIXE UMA RESPOSTA