Dólar mais baixo estimula jovens para intercâmbio nos EUA

0
121

 

Muitos jovens universitários planejam uma viagem com amigos durante as férias de verão. Entre as alternativas de destino um mochilão pela América do Sul, uma visita a destinos históricos na Europa ou uma praia tranquila no Nordeste brasileiro. Outros, no entanto, juntam a vontade de conhecer um novo lugar com uma oportunidade de trabalho nos Estados Unidos. A procura por este tipo de intercâmbio cresceu 34% desde o início do ano, segundo Felipe Jendiroba, presidente da Intercultural, que promove oferece o Work Experience USA – programa cujo ponto principal é a Job Fair (feira de contratações), em 14 de setembro próximo.

 

O evento será no Hotel Majestic, em Florianópolis, e reunirá empregadores norte-americanos e jovens brasileiros à procura de trabalho durante as férias do nosso verão, alta temporada nos resorts e estações de esqui do hemisfério norte – Aspen, Lake Tahoe e Pak City estão entre os principais. Esta é a oportunidade ideal para explorar um novo país, enriquecer o currículo, consolidar o aprendizado de uma língua estrangeira e ainda voltar com algum dinheiro no bolso. “O momento é perfeito para uma viagem internacional, pois o dólar está em um patamar mais baixo e segue caindo. Há vagas para todos os níveis de fluência no inglês, então não é necessário dominar completamente a língua. Na verdade é uma boa oportunidade para aprimorar o idioma no cotidiano”, explica Jendiroba.

 

As únicas exigências para participar do Work Experience USA são estar regularmente matriculado em uma universidade e ter entre 18 e 29 anos de idade, com nível intermediário de inglês. No dia 14 de setembro, durante a Job Fair, os candidatos ficarão frente a frente com os empregadores, que estarão recrutando os jovens para os mais diversos postos de trabalho, de acordo com o desempenho na língua estrangeira.

 

Além do enriquecimento do currículo e a criação de networking, os participantes têm um ganho pessoal com a experiência – independência e responsabilidades, tanto com os empregadores quanto com as tarefas domésticas. Também é comum economizarem para não somente pagar integralmente a viagem, mas também conquistarem uma reserva financeira.

DEIXE UMA RESPOSTA